Biovita Blog Informações importantes que vão ajudá-lo a
ter uma
saúde muito melhor!
30 Março Infecção Urinária em Fêmeas Suínas

Infecção urinária (IU) define-se pela penetração e/ou multiplicação e colonização de microrganismos patogênicos nas vias urinárias, podendo atingir todo o aparelho urinário (vias urinárias superiores e inferiores) ou somente parte deste. A IU é a doença endêmica mais importante das fêmeas suínas em produção e também uma das principais causas de falhas reprodutivas, comprometimento da saúde geral e redução da vida útil. Dados de levantamentos epidemiológicos no Brasil revelaram uma prevalência próxima a 30% de IU em granjas comerciais de suínos.

O aparecimento das IU depende da interação multifatorial entre variáveis como pressão de contaminação ambiental, manejo (qualidade e quantidade de água oferecida aos animais), alimentação (composição da ração e manejo de arraçoamento), instalações, atividade física e condições estressantes, condições fisiológicas e anatômicas do próprio animal. Os agentes que mais freqüentemente estão associadas com as IU são a Escherichia coli (E. coli), Staphilococcus sp., Streptococcus sp., Proteus mirabilis e Actinobaculum suis.

Os principais sinais clínicos indicativos de IU em fêmeas suínas:

Sinais inespecíficos como: apatia e perda de peso;
Descarga vulvar purulenta ou sanguinolenta;
Descarga vulvar ressequida nos lábios vulvares ou regiões adjacentes;
Problemas reprodutivos (retorno ao cio, abortos).

Os principais sinais clínicos observados em rebanhos com IU são:

Elevado número de matrizes com inapetência;
Estado nutricional das matrizes insatisfatório;
Aumento na taxa de mortes súbitas de matrizes em gestação e na maternidade;
Aumento nas taxas de: retorno ao cio (até 36%), mortalidade de matrizes, descarte de matrizes e de reposição;
Redução nos índices produtivos;
Produtor não consegue otimizar a distribuição dos partos.

O diagnóstico de IU pode ser realizado com auxílio de exames laboratoriais que permitam realizar um estudo da prevalência, identificar os microorganismos envolvidos e fazer um antibiograma (teste de sensibilidade aos antimicrobianos) para elaboração de um programa de controle. Para o exame, deve-se colher uma amostra da primeira urina da manhã (urina mais concentrada), antes do arraçoamento das fêmeas.

A ocorrência de IU está mais freqüentemente associada à presença de uma microbiota fecal. Os parâmetros clínicos devem sempre ser levados em consideração na determinação da ocorrência de IU, pois são indicativos consistentes do quadro. Os aspectos físicos da urina não devem ser considerados isoladamente como indicadores de IU, sendo de suma importância o isolamento e identificação dos agentes envolvidos.

Para ter um controle efetivo da doença, é de extrema importância um adequado e rigoroso manejo de limpeza e desinfecção, somados ao uso de desinfetantes de qualidade e eficiência comprovadas, assim como a utilização de equipamentos adequados e a manutenção da higiene ao trabalhar com os animais e com as instalações. Outro ponto importante para o controle da doença é fazer o correto manejo dos animais, fazendo com que se levantem de 2 a 4 vezes ao dia, estimulando o consumo de ração, água e a micção. A ração dada aos animais deve ser de boa procedência e nutricionalmente adequada para cada fase da produção. Bebedouros e calhas devem estar bem instalados, regulados e limpos, além disso, é importante sempre verificar a qualidade da água dos animais.  Todos esses procedimentos resultam na prevenção e redução de gastos ao produtor, tendo como consequência, melhora na produtividade e no lucro da granja.

Comentários

Veja outras postagens

VER TODOS VER TODOS VER TODOS
Biovita na Comunidade! Biovita na Comunidade! Novembro Azul Novembro Azul Novidade! Estamos realizando exames genéticos pela Unimed. Novidade! Estamos realizando exames genéticos pela Unimed. Feagro! Estaremos presentes  divulgando análises veterinárias e ambientais! Feagro! Estaremos presentes divulgando análises veterinárias e ambientais! Saiba o que é e o que causa a microcefalia. Saiba o que é e o que causa a microcefalia. Outubro Rosa, nós abraçamos essa causa! Outubro Rosa, nós abraçamos essa causa! Novidade! O Biovita disponibiliza agora aos seus clientes um aparelho que facilita visualização da veia para coleta de sangue. Novidade! O Biovita disponibiliza agora aos seus clientes um aparelho que facilita visualização da veia para coleta de sangue. Equipe Biovita em clima de Natal! Equipe Biovita em clima de Natal! Quem tem gêmeo com câncer tem risco maior para a doença, diz estudo! Quem tem gêmeo com câncer tem risco maior para a doença, diz estudo! Planos de saúde terão prazos para atendimento e resposta a consumidor! Planos de saúde terão prazos para atendimento e resposta a consumidor! Nova Unidade de coleta Bairro Rio Bonito - Braço do Norte! Nova Unidade de coleta Bairro Rio Bonito - Braço do Norte! Foi antecipada a campanha de vacinação da rede pública de saúde. Foi antecipada a campanha de vacinação da rede pública de saúde. Dúvidas frequentes sobre os Exames Toxicológicos Dúvidas frequentes sobre os Exames Toxicológicos Estilo de vida e Câncer Estilo de vida e Câncer Sobre a Intolerância à Lactose Sobre a Intolerância à Lactose Quando o bebê se recusa a mamar. O que fazer? Quando o bebê se recusa a mamar. O que fazer? Sexagem Fetal Sexagem Fetal Grupo Biovita Inaugura sua 1ª Unidade do Laboratório Popular! Grupo Biovita Inaugura sua 1ª Unidade do Laboratório Popular! Inaugura hoje mais uma unidade do Laboratório Popular, estamos também agora no centro de Braço do Norte. Inaugura hoje mais uma unidade do Laboratório Popular, estamos também agora no centro de Braço do Norte. O Grupo Biovita deseja um abençoado Natal a todos e Feliz Ano Novo! O Grupo Biovita deseja um abençoado Natal a todos e Feliz Ano Novo! As dores das mulheres As dores das mulheres Novidade! Novidade! Carteirinha de Saúde para o setor alimentício! Carteirinha de Saúde para o setor alimentício! Sintomas de intolerância alimentar Sintomas de intolerância alimentar Sintomas, causas e tratamento da Hepatite Sintomas, causas e tratamento da Hepatite Coleta sem Dor Coleta sem Dor Tabagismo Mata 7,5 mil por ano Tabagismo Mata 7,5 mil por ano 15 ANOS BIOVITA LABORATÓRIO 15 ANOS BIOVITA LABORATÓRIO Santa Catarina terá projeto piloto para o recolhimento e destinação de animais mortos nas propriedades rurais. Santa Catarina terá projeto piloto para o recolhimento e destinação de animais mortos nas propriedades rurais. Mormo em Santa Catarina! Mormo em Santa Catarina! Gatos e grávidas: mitos e verdades! Gatos e grávidas: mitos e verdades! Coccidiose em bovinos e seus impactos na produção! Coccidiose em bovinos e seus impactos na produção! Cidasc orienta para obrigação do uso de brincos de identificação em bovinos e búfalos no Estado. Cidasc orienta para obrigação do uso de brincos de identificação em bovinos e búfalos no Estado. A importância dos exames laboratoriais em cães e gatos! A importância dos exames laboratoriais em cães e gatos! Praias devem ser evitadas para animais de estimação! Praias devem ser evitadas para animais de estimação! Complexo Tristeza Parasitária Bovina Complexo Tristeza Parasitária Bovina Sexagem de Aves por meio do DNA Sexagem de Aves por meio do DNA Aborto em vacas de leite: você já pensou em Neosporose? Aborto em vacas de leite: você já pensou em Neosporose? Prevenção Contra o Câncer de Mama em Animais de Companhia Prevenção Contra o Câncer de Mama em Animais de Companhia Controle das Variáveis Pré-analíticas: Qualidade para seus Resultados Controle das Variáveis Pré-analíticas: Qualidade para seus Resultados NOVIDADE!  NOVIDADE! Governo regulamenta exame toxicológico para motorista profissional. Governo regulamenta exame toxicológico para motorista profissional.